carregando...

Dicas para construir a sua calçada

Dicas para construir a sua calçada

Para quem são? Quais as condições atuais da calçada? Qual material escolher? Dicas sobre a elaboração do projeto de execução.

Bem estar Social

Em algum momento do dia, todos somos pedestres. Indiferente da profissão, classe social, todos trafegamos pelas áreas públicas de nossas cidades e necessitamos de adequadas condições de acessibilidade.

A diversidade humana deve ser sempre considerada, sendo assim, na hora de construirmos nossos passeios públicos, devemos levar em consideração o respeito às necessidades e às diferenças das pessoas, tentando sempre buscar uma solução universal. Assim, contribuímos para a qualidade de vida e bem estar social de todos nós.

Pensando nisso, na cidade de Blumenau, a Secretaria de Planejamento Urbano lançou o programa “Calçadas em Blumenau” para conscientizar e mobilizar a população para a construção e reforma de suas calçadas. Caso tenha interesse, entre em contato com a Prefeitura Municipal de Blumenau e peça sua cartilha! Ela é distribuída de forma gratuita. Nas demais cidades, entre em contato com a sua prefeitura e procure se informar sobre as normas vigentes.
Baseados na cartilha “calçadas em Blumenau” e em nossa experiência no ramo de pavimento intertravado que daremos a seguir, algumas dicas para que você use como referência na hora de reformar ou construir seu passeio público.

É preciso em primeiro momento analisar quem são as pessoas que circulam pelas calçadas; quais as suas necessidades? Como posso contribuir para que a minha calçada seja um modelo de respeito ao próximo e à cidadania?

Agora vamos verificar as condições da nossa calçada. Existe algum desnível onde as pessoas possam tropeçar, que um cadeirante tenha dificuldade de locomoção? A largura está em desacordo com o que o plano diretor prevê para sua rua? Existem obstáculos no caminho que dificultam a passagem dos pedestres? A arborização está implantada de forma inadequada, as raízes não têm espaço suficiente para sua sobrevivência? Caso tenha respondido afirmativamente para alguma das questões acima, então está na hora de reconstruir sua calçada!

Quanto à escolha do material a ser aplicado na pavimentação da sua calçada, o PAVER MASKI atende a todas as especificações necessárias para que você possa seguir as normas vigentes, além de possuir cores e modelos variados, o que acrescenta beleza e valoriza o seu imóvel.

Atente-se na elaboração do projeto de execução

  1. A inclinação transversal dos passeios deverá ser de no mínimo 1% e no máximo 3% segundo a norma da ABNT (NBR 9050);
  2. As calçadas / passeios deverão ser contínuos e sem mudanças abruptas de nível ou inclinação;
  3. Águas pluviais deverão ser direcionadas através de condutores, nunca por cima das calçadas;
  4. Desníveis entre a calçada e o terreno lindeiro deverão ser solucionados dentro do terreno e nunca na calçada, com degraus ou rampas que possam interromper a livre acessibilidade dos passeios;
  5. As tampas de caixas de inspeção e visita devem estar niveladas com o piso;
  6. A área de esquina deverá ser preferencialmente livre de obstáculos entre a guia e a fachada das edificações. A necessidade de equipamentos urbanos deve ser prevista na faixa a ela destinada;
  7. Os rebaixos de veículos e pedestre deverão ser previstos junto à faixa de mobiliário, não interferindo na circulação.
  8. Divida a calçada em: 1) faixa de caminhabilidade com acesso sempre livre.
  9. Divida a calçada em: 2) faixa disponível para mobiliário urbano, árvores e outros fins,
  10. Divida a calçada em: 3) faixa de acesso aos imóveis. – rebaixo dos veículos – o que diz a lei -… poderá ser rebaixado até 50% da testada do imóvel, exceto para terrenos com testada menor que 10 m, que poderão utilizar rebaixos de até 5m.
  11. A largura máxima permitida é de 10 m para cada rebaixo, exceto em casos especiais, em que poderá ser autorizado um rebaixo maior para veículos de carga maior que 4.000 kg e ônibus.

  12. Veja a cartilha completa

O início

A Maski iniciou sua trajetória em Blumenau, Santa Catarina no ano de 2003 motivada por uma crescente demanda pelo uso de pavimentos intertravados e blocos de concreto nas obras de reurbanização da cidade.

A qualidade

Focada na fabricação de produtos de qualidade certificada, desde o início a Maski é associada da ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland) onde adquiriu o Selo de Qualidade ABCP para as peças de concreto para pavimentação de resistência 35 e 50 MPa.

A inovação

O DNA da Maski é de vertente inovadora. Queremos fazer diferente e buscar um significado que, além de beleza e funcionalidade, contribua para a melhoria no dia-a-dia das pessoas.

-26.8602690 -49.0898100

Maski Pisos e Revestimentos Especiais

Rua Frederico Jensen, 370
Blumenau, SC CEP 89066-300
Fones: 47 3338 0333 / 47 3338 3003
Atendimento de segunda a sexta das 8h00 às 12h00 e das 13h30 às 18h00